Finalmente, sinal de vida!

p1020401_smallFinalmente consegui entrar em férias… Tirando os dois primeiros dias que foram resolvendo pequenas coisas e, tentando acreditar que realmente estou de férias, agora é verdade: descanso ilimitado! Ok, nem vou dizer que hoje acordei ao meio-dia. Ops, falei!

A Ciça, né… ela está demais, mesmo!

– Mamãe, esta camisa é do papai, tira ela, tira.
– Não Ciça, esta é minha, eu também tenho uma.
– Nãããããããããão, é do papai. Papai-ê, a mamãe está usando a sua camisaaaaaaa!
(Papai) – Ciça o que é do papai é da mamãe e seu também, pode usar.
– Não, papai, fica muito grande em mim!

*     *     *

– Mamãe, eu quero o meu b0lo de aniversário das princesas, com muuuitas velas (mostrando 3 nos dedinhos).

*     *     *

– Ciça, vem ajudar a arrumar o quarto.
– Bibidi, bóbidi, bu (girando a varinha de condão)

*     *     *

– Ciça, o que você vai comprar com os seus dinheirinhos?
– Pipoca!

*     *     *

A paixão da vez, além das princesas, agora é o Dumbo. Já perdi as contas de quantas vezes ela assiste o elefantinho orelhudo, repetidamente. Já conhece as falas, as cenas todas, mas sempre assiste de olhinhos vidrados na tela e, sempre que acaba, corre pela casa mexendo os braçinhos como se fossem as orelhas e a tromba.

*     *     *

Para quem imaginou que os cavalos estivessem em segundo plano, não. Não estão. Ela consegue conciliar numa única brincadeira os cavalos, as princesas, a casinha de boneca e os Biligândigans…

*     *     *

Amore deu para ela um jogo de memória, com 24 peças somente. E não é que, além de rapidamente pegar o jeito do jogo, aprendeu a trapaçear? Espera o pai levantar uma peça, interrompe dizendo que é a vez dela, e levanta a mesmíssima peça, já partindo para a outra, que ela sabe onde está. Lógico que não incentivamos, muito pelo contrário, mas não deixa de ser engraçado.

*     *     *

– Mãe, posso assoprar as velas do bolo do Lucas?
– Não, Ciça. Você gostaria que ele assoprasse as do seu bolo?
– Não… não quero mais assoprar as velas, não.
Dias depois, no aniversário de um tio-avô amigo queridíssimo
– Ciça, vamos lá assoprar as velinhas!
– Não, não… esse bolo é do tio!

*     *     *

Brincando com o pai, no quarto, a enxerida aqui resolve que quer brincar também.
– Mãe, com licença, sai só um pouquinho para eu brincar com o papai.

Depois de um tempo o pai sai..
– Mãe, pode vir brincar, o papai já saiu!

*     *     *

 

Cada dia fico mais e mais apaixonada por essa menininha sapeca, sabida e muito, muito inteligente!

Anúncios

8 comentários sobre “Finalmente, sinal de vida!

  1. Assim como a Dê , também quero a varinha mágica da Ciça.
    Sabe, Chris, tendo em vista o indidualismo que impera nos dias de hoje , eu sempre digo aqui em casa que não há nada “meu” tudo é nosso. As roupas, os brinquedos, tudo é de todo mundo. assim como você fizeram com o caso da camisa.
    Continuo esperando você.Quando?

  2. Que coisa mais linda ela de princesa!!!!!!! Aqui Silvinha continua firme e forte apaixonada pela “Cineéla”tb. Ultimamente o que não sai do DVD é “Madagascar 2”. O Pedro está in love total e assiste pelo menos 2 vezes ao dia. Vamos surpreendê-lo no niver e fazer uma festa do Madagascar, mas ele só vai saber na hora H. Vai ficar achando que é Hi-5 até o final!
    Tô achando que vc vai ter um bibidi-bobidi-bú no niver da Ciça…
    Beijos mil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s