Pois é…

Os meninos ainda estão lá em casa, ficam até o dia 1/08 então nem tenho mais tempo em casa para ficar acessando o PC, atualizando blog, respondendo e-mails. Já não tinha antes, imaginem agora. Sem contar que a anta aqui, de vez em quando cisma de abrir o Áutluk em casa, não sei porque, e, óbvio que as mensagens são baixadas para o PC de casa e, quando tenho tempo no trabalho para responder emails, eles estão em casa. Murphy?

*          *          *

Esta semana teve o Dia do Amigo, né? Recebi vários emails, recadinhos e agradeço a todos, mas, vamos lá… será que os amigos merecem apenas UM dia especial? Um diazinho só? Hm, não me parece justo com as pessoas mais importantes da minha vida dedicar apenas 1 diazinho para mandar emails e mensagens, né? rs Todo dia é dia dos amigos!

Falando em amigos, olhando pratrasmente na minha vida, desde cedo, criançinha, eu vivo em ciclos de amizade, que variam de acordo com os interreses da época. Acho que por meu padrasto ter sido militar e, nos mudarmos de cidade a cada 4 anos, me acostumei a não me apegar às pessoas, sei lá.

Já tive a fase de surfe (sim, já peguei muita onda rsss),  a fase de fã de ficção científica (de 8 a 80, né?), de RPG, amigas de solteira/farra, amigas de faculdade, de mães de primeira viagem, e agora de mãe de menina com vida social. Em cada uma dessas fases, mantive uma ou duas amizades que perduram até hoje, mesmo sem ter o contato diário das respectivas épocas.

Conversando com uma amiga, dia desses, falamos sobre um grupo do qual fizemos parte e, por motivos que não vêm ao caso, optamos por sair. Ou “fomos saídas”, sei lá, varia de acordo com o lado de quem conta o causo, e ela se queixava de ter perdido contato com as meninas do tal grupo. Na minha visão, amizades eternas são baseadas em algo muito mais importante que apenas um interesse momentâneo. Elas até começam com um, claro, mas no decorrer da amizade (ou do que a inicia), a ilusão da falsa intimidade passa, vamos descobrindo outras afinidades, e ou nos distanciamos ou nos aproximamos ainda mais.

Então, sinto saudades de alguns momentos com pessoas que fizeram parte de um círculo de amizade, mas, das pessoas propriamente ditas, nem tanto. Brinco dizendo que em cada grupo, sobram amigos para vida, amigos queridos, contatos de email, e outros nem isso.

Sei que as pessoas que são amigas hoje, podem não continuar a ser daqui a um ou dois anos, mas o que importa é que hoje, as tenho num cantinho especial do meu coração.  😉

*          *          *

A paixão da Ciça pelo ‘riRRmão’ continua firme e forte. Ontem fui ao cinema com ele, Amore a pegou na creche e, mal entrou no carro já foi perguntando por mim e por ele. Quando Amore explicou que cinema à noite era para gente grande, ela estufou o peito e falou ‘Mas eu também sou grande’…

*          *          *

Sábado no almoço:
– Lucas, ninguém vai mexer no seu papá, tá bom?
– Tá bom Ciça, obrigado.
– Então vem brincar comigo!

*        *         *

Eu, Amore e os meninos jogando cartas:
– O que vocês estão fazendo? Tem espaço para mim? Posso brincar também?

E por ai vai… 😉

Anúncios

13 comentários sobre “Pois é…

  1. Ai Chris, amizade é algo complicado tem horas, qdo eu era solteira, tinha mtas colegas, mas amiga, só sobrou duas… Uma mora em Sorocaba, a 70km de onde moro, e a outra, trabalha com a gente, mas confesso, que as que sobraram, é melhor do que ter um monte…
    Qto ao grupo, acho que nem preciso dizer nada, vc disse tudo, a falsa impressão de intimidade pra mim é pior… Acho que me incluo no saída ou saíram comigo, hehhehe… Mas as que sobraram tb, pra mim está de ótimo tamanho, pois sei que são as que eu mais queria ter proximidade, mesmo que virtual…
    Feliz dia do amigo… Afinal, pra que ter um dia só, né?
    Bjs

    To mto feliz por a Ciça ta adorando o RIRRRMÃO dela… Espero que ela não sofra qdo ele for embora 😦
    Bjs

    • Oi, querida!

      Poxa, eu me esqueci de comentar sobre as amigas da época de solteira e faculdade rssss! Acho que o grupo que mais dissipou foi o da faculdade/farra, mas aí as mais queridas também se tornaram mães e voltamos às boas… mas confesso que é no mínimo estranho sair com a minha melhor amiga que é solteira e não pensa em ter filhos tão cedo… os assuntos podem até ser díspares, mas o carinho e a amizade resistem às mudanças e divergência de opiniões, não? 😉

      Acho que no fundo, no fundo, o saldo pós peneira é mais do que positivo!!!

      É, eu também estou preocupada com a Ciça após o irmão voltar… é um grude, mas um grude tão grande! Até para ir para o banho tem que ser com ele, sair da cadeirinha do carro é com ele, mudar de roupa, almoçar, tudo é com ele. Sem contar que, como eles estão dormindo no mesmo quarto, a última coisa que ela vê à noite é o irmão… Ai, ai… 😦

      Beijos e feliz ano-do-amigo para você também!!!

  2. “Na minha visão, amizades eternas são baseadas em algo muito mais importante que apenas um interesse momentâneo. Elas até começam com um, claro, mas no decorrer da amizade (ou do que a inicia), a ilusão da falsa intimidade passa, vamos descobrindo outras afinidades, e ou nos distanciamos ou nos aproximamos ainda mais.”

    A verdade é dura né? E eu (como te disse na conversa) me cansei de ficar colando os caquinhos. Nunca fui de ter tribos ou grupos (já conversei sobre isso com a Clau), sempre tive amigos de várias tribos diferentes e acho que por isso nunca tive ciclos de amizade e sim amizades que da feita que são iniciadas e verdadeiras, duram até hoje.
    Sinto falta das coversas, das crianças, da troca de experência, das ondinhas, das receitas, dos desabafos, mas já conseguir admitir que amizade verdadeira como as que eu gosto de ter, infelizmente nem todas de lá poderiam me oferecer.

    A Ciça parece mesmo está amando ter um irmão. E como ele é com ela? Via ter um post sobre o cinema?

    bjs!

    • Oi, Vani!

      Eu não estava me referindo, especificamente ao LV. Lógico que tem a ver, por ter sido a mais recente experiência de tribos e, acho que a mais magoou, até pela forma como as coisas aconteceram, a quebra de encanto com a postura de algumas pessoas, o fato de ‘ser adulta’ também, mas, dentro do contexto geral das amizades, ‘faz parte’.

      Lógico que eu também sinto falta de várias situações, vários lances engraçados, outros fofos, mas, as amizades que ficaram são suficientes e, óbvio, o ciclo se renova, novas pessoas fazem parte do meu círculo e por aí vai.

      Ah, ele curte muito a irmã… Lógico que tem horas que até a santa paciência do menino se esgota, afinal, ele está de férias e ela acha que ele é sua babá pessoal rssss

      Não vou fazer post sobre o Harry Potter, não. Não sou lá fã da série e, como não lí todos os livros e tampouco assisti ao todos os filmes, não tenho muito a acrescentar. Mas, no geral, é um bom filme, vale a pena ver!

      Beijocas,
      Chris

  3. Oi, Chris,

    Você deixou um comentário no meu blog, mas não deixou seu e-mail… Então tomei a liberdade de vir aqui!
    Antes de tudo, quero dizer que ADOREI seus textos e sua “pecêsa”…
    Quanto ao vestido que viu no CARROSSEL, o comprimento (do ombro até a barra) é de 41 cm.
    Espero que sirva!
    Beijo,
    Clau

  4. Chris, quando comecei a caverna estava muito decepcionado com alguns ‘amigos’… Eram da onça e olha que a amizade tinha quase 10 anos. Depois disso, fiquei mais retraída, a quantidade de amigos hoje não é enorme, mas quem ficou tem camarote cativo…rs – E o outlook abandonei faz tempo, agora que os provedores têm espaço de sobra. Beijos!

  5. Adoro ler teus posts!! Sempre me fazem refletir, rir e muitas vezes me identificar com as situações.
    Tb já tive várias tribos de amigos e muitos dos que tenho hoje, vêm desde a época da escola, quase 30 anos! Mas claro, muita gente veio e foi e muita gente apareceu recentemente e ficou até hoje (como vc, né?).
    Obrigada por fazer parte importante na minha vida!
    Mil beijos!!

  6. Chris, a gente usa o dia do amigo para lembrar e acarinhar aquele que é nosso irmão de coração.Assim como o dia das mães também é todo dia, o dia da mulher…
    O Dia do Amigo é só uma desculpa pra gente lembrar de dizer Eu amo você !
    Eu acredito em amizades iniciadas virtualmente.Podem acabar em belas histórias até mesmo de amor como é o caso da Nalu e do Akio, da Nina e seu alemão( a Cacá conhece),da Tati Perolada e o Maguido e tantas outras…

    Eu li todos os Harry Potter mas não vi todos os filmes.E os que vi foram fora de sequencia.Mas gostei muito mais que a saga dos vampiros.Não vejo a hora da Valon se interessar mas ela morre de medo.Acho que vou ter que esperar o Jujuba que já ama os filmes dele.

    E já que Princesa Ciça adora o rimão, que tal providenciar um pra ficar sempre junto dela?

    • K,
      acho que eu não fui muito clara no post rsss
      Lógico que eu acredito em amizades virtuais, eu e o Alê nos conheçemos via MSN, meus tios, alguns casais de amigos… Também acho legal ter um dia especial para agradar aos amigos, mas acho que deveríamos fazer isto todos os dias, independente de ser ou não o dia D 😀
      O meu lançe com os grupos de amigos (virtuais ou não) é que rapidamente temos aquela sensação de intimidade, de melhroes amigos e, aos poucos vamos descobrindo que, não conheçemos determinadas pessoas e, temos afinidades com outras, é natural selecionarmos as pessoas que irão nos acompanhar por mais tempo, independente das amizades serem ou não virtuais. Acho que ainda não ficou claro rs
      Eu lí alguns Harry Potters, e ví alguns filmes e, com exceção do Prisioneiro, estou em dia, agora. Mas, não sei se irei continuar a acompanhar, a não ser que eu tenha acompanhantes!
      Olha, eu até quero providenciar um irmão para a Ciça, mas tá difícil rs

      Beijos e ótimo fimdi!

  7. Compartilho da mesma opinião que você em relação à um dia específico pra mandar “mensagens fofinhas”… Importante pra mim, é CORAÇÃO!!!

    No decorrer da vida a gente conhece pessoas que marcam, conquistam um lugarzinho todo especial, e outras não… Temporary Files, entende??? rs São “importantes” naquele momento, mas não fazem força nenhuma para permanecer ao nosso lado… Acontece!!!

    E quer saber??? Tenho certeza de que foi assim com a gente… Vc tem noção de qto tempo faz que não nos vemos??? Mas vc está tão presente nos meus dias, que parece até que somos vizinhas!!! rs

    Um milhão dos nossos BOM DIAs pelo twitter valem mais que UM “feliz dia do amigo”… 😉

    Beijooo…

    PS: Ciça dispensa comentários, viu??? É uma gostosura de menina, meiga e foofa d+!!! Ela vai sentir falta sim, então não seria o momento de providenciar um rirrmãozinho pra ela??? rs Aproveita o embalo.. 😉 kkkkkkk

    • Flaves, dear…
      Voce mora no meu coração – ever!
      Assim como você, tenho várias amigas mais que queridas, super presentes em minha vida, mas que não vejo com tanta regularidade como gostaria, mas são um caso a parte, pois estamos sempre em contato e temos MUITAS afinidades. É diferente daquela pessoa que você vê diariamente e não tem nada para falar…
      Ah, amiga, sobre um brotherzinho, não dá… rsss

      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s