Há atividade na cozinha II *Batatas do sul do Chile*

ImageUma das coisas mais legais em morar num outro país é ter acesso a uma diversidade de produtos que nem sequer imaginávamos que existiam! Temperos, frutas, legumes, sem mencionar os pratos típicos, claro.

Aqui no Chile, digo que cada ida ao mercado é uma experiência distinta.

Ainda não tive saco de ir à Vega (mercado central onde se reúnem feirantes do Chile, Perú e norte da Argentina) onde, dizem, é possível encontrar de tudo um pouco.  😉

Mas, uma ida à vendinha local, ou a um bom supermercado já apresenta muitas novidades!

Dessa vez resolví experimentar as batatas do sul do Chile.

Bom, aparências à parte, elas são uma delícia!

Comprei 3 (achei que eram 4, mas no fim duas eram da mesma “raça”. Overa, Michuñe negra e michuñe roja.

Cozinhei as três, com um pouquinho de sal, e vamos ao veredicto rsss

Michuñe Roja – por fora lembra a batata doce, casca rosada, tem o sabor levemente adocicado, mas a consistência aguada. É a mais usada aqui para fazer doces e servir em saladas, cozidas. Não me agradou muito, não, ainda prefiro a camote, ou batata-doce tradicional.

Michuñe Negra – Na boa, uma das coisas mais feias que já ví na vida. Mesmo. A Ciça disse que parece cocô e, na boa, não dá para discordar, não. Mas… Acabou se tornando a minha favorita das três! Seu sabor lembra alcachofra, mas com textura de batata inglesa. Quando se corta, é algo indescritível, pois é toda amarela pintada de roxo e, quando cozida, fica toda roxa, ou seja, não rola de servir um purê de batatas roxas, please. É mais utilizada para fritar, salada e, para os fortes, purê! 😉

Por último, a Overa – A mais bonitinha, também com leve gosto de alcachofra, não chega a ser uma batata arenosa, mas também não prestou para purê. Gostosa demais, é amarela, com um círculo de pitinhas roxas junto à casca e algumas outras espalhadas pela polpa.

Image

Depois, lembrei que já havia experimentado todas elas como chips, e JURAVA que havia comido abobrinha rsss

Enfim, cada dia é uma coisa a mais que aprendemos, o que faz desse período longe de casa altamente produtivo!

 

Os Chips!

Os Chips!!! Michuñe, michuñe negra y overa.

 

Inté!

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Há atividade na cozinha II *Batatas do sul do Chile*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s