Coisiquinhas

Calor duzinferno aqui no Rio. A única vontade que tenho é de entrar na piscina e não sair mais. Isso, se a água também não estiver quente, o que também é meio improvável. Credo.

A Ciça despertou para as músicas ‘adultas’, muito fofa. Já comentei que ela adooola “Hush Hush”, das Pussycat Dolls, né? Então, eu e a Cris, mãe da Malu,  fizemos um programinha cinema infantil com nossas filhotas para assistir “Alvin e os Esquilos, 2”, ou simplesmente As Esquiletes. Lógico que uma coisa não tem muito a ver com outra, até porque não sou fã, mas não é que a Ciça depois do filme, desatou a cantar singoley* o tempo INTEIRO, fazendo uma mini-coreografia com as mãozinhas? E olha que eu nunca assisti ao clipe ou mostrei a ela o famoso vídeo do bebê dançando em frente à tv.

Carnaval chegando (descanso, yay!) e embora eu não curta bailes, blocos e folia em geral, tenho uma filha que AMA e, não é justo privá-la da bagunça. Comprei um ‘kit coelhinha’ para ela (orelhas e um pom-pom/rabinho que serão agregados ao collant branco que ela usou na apresentação de fim de ano do balé) e uma fantasia de fadinha, bem fresquinha, do jeito que ela gosta. Hoje pela manhã ela já queria ir à escola paramentada.

Outra coisa super interessante que venho notando é a preferência por determinados atores/atrizes. Não digo nem personagens de desenhos, mas gente de verdade, como pelo menos os atores de Hi-5. Ela adora os antigos, principalmente o Curt, mas detesta uma menina do novo elenco que tem marias-chiquinhas. E também não gosta muito do rapaz moreno, prefere o Steve, que é ‘mais bonito de todos’.

Dia desses, com soluços, ela vira para mim e diz: “Mamãe, estou solúvel!

Amore está viajando. Segunda, ao perceber que o pai iria viajar no dia seguinte, ela pergunta, abraçada às pernas dele (Drama Queen): “Mas papai, então você não vai mais coçar as minhas costinhas?”

Uma noite dessas ela teve  dor-de-ouvido, ainda devido ao resfriado eterno: “Mamãe, quero o papai para beijar meu ouvidinho e passar o dodói”.

Ontem foi aniversário marido de minha mãe, o vovô Domingos. Saí da reunião na escola da Ciça e fomos para a mamãe. “Mãe, hoje é aniversário do vovô? Vai ter bolo de quê? Posso apagar as velinhas? Vai ter coca-cola? O Nick (priminho) vai comer brigadeiro também? Eu não quero comer verdinho, quero mamadeira e brigadeiro. Posso assistir Discovery Kids no quarto da vovó?

=)

Anúncios

Cecilhices

Voltando ontem do restaurante, para o rirrmão mais velho, que teimava em descansar o braço na cadeirinha dela:

– Buno, tira a mão da minha cadeirinha, não quero carinho, não quero nada!

Bruno insiste.

– Buno, pára com isso, você é muito chato.

Bruno tenta pedir desculpas.

– Papai não é chato, mamãe não é chata, Lucas não é chato.

*          *          *

– Papai, que bobeira, para com isso! (Fazer cócegas no Lucas).

Ciça, natürlich

Quando eu digo que qualquer dia desses a Ciça vai discutir filosofia comigo, ninguém acredita…

Estávamos na minha mãe, quando fomos à cozinha fazer uma “queijadinha” (quesadilla, wrap + queijo) e a Ciça viu os Kisses que sobraram da Páscoa. Pediu um, claro, e eu dei, com a condição de ser só um, e para comer depois do sanduiche, ao que ela atendeu prontamente.

Depois do sanduiche e do Kiss, me pediu mais um, e lá fui eu explicar que não podia, que era da tia Vivi, bla bla bla. Ela não respondeu nada e foi buscar sua caixinha de brinquedinhos. Voltou com seus mini-brinquedos e me mostrou um gatinho, pedindo para brincar com ele.
– Mamãe, vamos brincar com o meu gatinho?
– Vamos sim, qual o nome dele?  
– Chocolate.
– Chocolate?
– Não, mãe, ele tá dizendo que quer comer chocolate pequenininho da tia Vivi…

***

Embromation total para dormir. Historinha, musiquinha, colo, cafuné, beijinho, mamadeira, chupeta nova e nada dela deixar o sono chegar. Já cansada e com dor nos braços de carregar 15 quilos se fingindo de bebê, falei que não dava mais, que ia coloca-la no berço.
– Não, mamãezinha, não me abandona, eu quero muito ficar com você. Me salva, me salva, fadinha azul!!!

 

***

Outra noite de embromation para dormir, desta vez com o pai. Ele, já cansado diz que vai dormir também:
– Ah, papai, faz mais carinho nas minhas costinhas? Só um minutinho?

 

***

– Ciça, você quer mamadeira de chocolate ou cor-de-rosa (Quick de morango)
– Ah, especial, mamãe.
– Tá, mas é de chocolate ou cor-de-rosa?
– Especiaaaaaaaaaal!
(foi apenas com farinha Láctea)

 

***

– Mamãe, vem casar comigo?
– Casar, filha? 
– Sim, vem cá, me dá a mão
(e ficamos dançando e rodopiando pela sala)

 

***

Buscando-a no ballet, ontem
– Filhota, você fez ballé sem a meia?
Fez… você esqueceu de colocar a meia na mochila

 

***

– Filha, bom dia!
– Não, sai, vai embora!!!
– Tá na hora de levantar, meu amor.
– Não, não é, quero dormir mais um pouquinho.
– Ciça…
– Não-ooooo! Por favor, me deixa dormir mais um pouquinho.
– Você não quer mamadeira? 
– (Pausa para pensar) Não, quero dormir. (pausa) Quero sim. Me levanta…

 

***

– Papai, vamos formar uma fila com os cavalinhos?
– Vamos sim, Ciça, mas vamos fazer um círculo?
– Hm, uma roda?

 

😉 

 

Ontem saí com as mamães da turminha da Ciça para um chopp ‘girls only’ e foi, absurdamente divertido! Estava com muitas saudades de ter um tempinho para mim, pra rir, para contar piadas, tomar um chopp (ou vários) descompromissado, falando de tudo e todos com mulheres maravilhosas que estão no mesmo ‘tempo’ que eu. Bom demais. 

Quando vai ser o próximo? 

 

Bom final de semana, people!
Bacci!