Joaquim, o boneco

Joaquim, o boneco

Joaquim, o boneco de neve (antes de ser devorado pela Tulipa)

Anúncios

Weekend, em fotos

Acordando com flores =)

Acordando com flores =)

Alguns amigos

Alguns amigos

As crianças

As crianças

Mãe e filha, iguais

Mãe e filha, iguais

Os parabéns

Os parabéns

O bolo

O bolo

No dia seguinte…

Inovando com um dos presentes do papai

Inovando com um dos presentes do papai

Ao galope!

Ao galope!

Cochilando no colo do papai

Cochilando no colo do papai

Com vovó e Nick

Com vovó e Nick

Nem preciso dizer que foi um final de semana perfeito, preciso?

Amore, obrigada por tudo, te amo!

Boa semana, folks!

Sobre o dia das mães

Pois é…

Este dia das mães foi, sem sombra de dúvida, o melhor, EVER.

Eu sou um ET dançando 'hula'!

Eu sou um ET dançando 'hula'!

Não, não tem nada a ver com a Ciça cantando as musiquinhas da apresentação dela, em Inglês, fazendo uma coreografia fossíssima e jogando mil beijinhos para mim. Também não tem muito a ver com o fato de eu ter ganho um belíssimo vestido vinho, de uma loja que amo. Pouco deve-se ao fato de eu ter sido mimada e paparicada ontem.

 

Acho que, nestes três anos de comemoração de dia das mães – 1 com ela na barriga e 2 do lado de fora ;), eu incorporei o SER mãe. Participar da festinha da escola conversando com as outras e queridas mães, sabendo que todas nós passamos pelos mesmos causos, mesmos grilos, mesmos ‘blés’, mas também pelas mesmíssimas emoções, alegrias… No almoço do dia das mães, na casa da minha mãe, ouví os causos da minha avó, de quando meus tios eram crianças, depois minha mãe contando os meus, eu contando os da Ciça e, no fundo no fundo, o que mudou, pelo menos no que diz respeito à idade física da Ciça, as preocupações eram basicamente as mesmas, as emoções, iguais.

Para resumir, se é que isso será possível, raras vezes me sentí tão amada e querida como neste final de semana… Fui filha, mãe, esposa, amiga, brinquei, rí, chorei (e como, ha ha ha) e me senti muito completa.

 

Minha filhota ao me ver na platéia, na primeira fila!

Minha filhota ao me ver na platéia, na primeira fila!

 

 

 

Na coreografia...

Na coreografia...

 

 

Linda!

Linda!

 

 

Fazendo charme no escorrega

Fazendo charme no escorrega

 

 

Comendo "Quesadilla", em casa

Comendo "Quesadilla", em casa

 

 

4 gerações d'Avila

4 gerações d'Avila

 

 

"quase na hora de dormir, achei os óculos da mamãe!"

"quase na hora de dormir, achei os óculos da mamãe!"

 

Boa semana para todos!

😉

Cliques e Cecilhices

Sábado, na piscina:
– Mamãe, não quero afundar, não, por favor.
– Mamãe, nada debaixo da água igual tubalão?
– Mamãe, nããããão, você está me morrendo!!!
Entrando no clima...

Entrando no clima...

 Experimentando a fantasia de odalisca (que ela só chaama de Jasmin, óbvio):
– Aladdin, pega o meu tapete, pufavô. (Nota: Aladdin sou eu… Ainda bem que não fui chamada de Abu, né?)

Pecêsa Ásmin

Pecêsa Ásmin

 Brincando com o pai, no quarto:
– Papai, senta aqui no chão, AGORA!

A caminho do 2° baile

A caminho do 2° baile

 Terça-feira de manhã, ao lembrar-se do aniversário da avó:
– Palabéns pa vovó, nessa data queída, muitas feliciaaades, muitos anos de viva! É big, é big, é big big big, é hora… rá tim bum, vovó-ó, vovó-ó, vovó-ó!
Vamos apagar a velinhaaaaa!!!

– Mamãe, você fez bolo pa vovó?

 

Ao ganhar um estojinho, com lápis, cola, tesoura e borracha, mostramos a ela para que servia a borracha:
– Ciça, a borracha é para apagar o lápis!
– Mãe, acende, pufavô?
Fazendo mais bolinhas de sabão

Fazendo mais bolinhas de sabão

Alê colocou as mãos nas minhas pernas.  Na mesma hora escutamos o grito:
– Papai, ai ai ai ai! Não pode! Tira a mão da péna da mamãe, ela é minha amiga! Ai ai ai ai!

Como a escola está em recesso Carnavalesco e ontem, com o marido de minha mãe operando e sem babá, não tive muita escolha a não ser levá-la para o escritório.

Foi a festa, claro.

Ela adorou ficar numa mesa com ‘putadô’, muitos lápis, canetas, papéis, páginas para colorir e vários tios dando atenção.

Fiquei surpresa ao ver como ela se comportou bem, não deu chilique, respeitou quando precisei entrar em conferência, não interrompeu conversa de ‘gente gânde’ e nem mesmo reclamou de passar quase que um dia inteiro trancada no escritório.

É, minha amiga está crescendo…

moto_0326

Minha ajudante...

 

Bon weekend, folks!